Ferrari Dino 246 GTS Amarela 1974

Batizado em homenagem ao filho de Enzo Ferrari, Alfredino, que morreu em 1956 aos 24 anos como resultado de distrofia muscular, o Dino era, apropriadamente, uma Ferrari "bebê" que era dimensionalmente menor e mais ágil que qualquer outra Ferrari de rua. Seu motor intermediário era o primeiro da Ferrari para um carro de rua, e o próprio motor é uma joia: um adorável V6 quad cam que refletia as lições aprendidas com a produção de V6s para carros de corrida Dino como o 206 SP. O estilo para o carro foi feito por Pininfarina e permanece a muitos um dos Ferraris mais bonitos e exóticos do período. Certamente a visão do assento do motorista sobre os dois pára-lamas proeminentemente curvados é uma das visões de assento do motorista de rua mais evocativas. 

Este lindo exemplar é uma versão européia onde foi importado desde zero para o Brasil, esta na FBF Collezione desde 1993 e com restauro recente de motor e cambio contempla em sua quilometragem 69.800 rodados.